Reciclar?

Vamos falar sobre a reciclagem. E porque o tema reciclagem é tão importante? É simples, tudo o que é produzido pela Natureza rapidamente de transforma noutras coisas. Imagina, se puseres uma maçã numa janela, passado poucos dias a maçã apodrece e acaba por desaparecer, agora imagina que pões um saco de plástico, daqueles que vais às compras, não fiques à espera!! Demora anos!!

Pois é, e por demorar tanto tempo é que o assunto reciclagem é tão importante, o ser humano produz vários tipos de material que não são facilmente degradados pelos agentes da Natureza e como somos muitos, há uma grande quantidade desses materiais espalhados por todo o lado. Alguns desses materiais são o plástico, o vidro, o metal, a esferovite. Esses materiais depois de usados são deitados fora e ficam acumulados e isso chama-se de lixo.

Curiosidade: Sabem quanto tempo esses lixos podem ficam na natureza?
- O papel e o papelão podem levar de 3 a 6 meses para serem absorvidos.
- Uma simples pastilha elástica pode levar 5 anos.
- As latas de refrigerante levam uma vida: de 80 a 100 anos!
- O plástico pode levar até 500 anos. Mas alguns, simplesmente, não se decompõem.
- E agora o pior: o vidro fica um milhão de anos na natureza sem de decompor, dá para acreditar? Nós nascemos, morremos e o vidro ainda está lá, firme e forte!

Então temos de arranjar uma solução para acabar com esse tipo de lixo. Podemos reaproveitá-lo!!!! É o que a reciclagem faz. Na reciclagem, o lixo é tratado como matéria-prima que será reaproveitada para fazer novos produtos. As vantagens: diminui a quantidade de lixo que vai para os lixões, os recursos naturais são poupados, reduz a poluição, além de gerar empregos.

Os 3 R's são as palavras-chave para quem quer ser um defensor do meio ambiente! Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

Para fazer a reciclagem, antes temos que saber o que é a recolha selectiva. Recolha Selectiva é a separação dos materiais que podem ser reciclados ou não. Na recolha normal, o lixo doméstico é colocado em sacos bem fechados e depois depositados nos contentores. Agora, na recolha selectiva a separação prévia dos resíduos recicláveis, por tipo de material, nos contentores específicos (cada um possui uma cor) é a forma ideal de consciência ambiental. Além do mais, cada lixo possui um processo diferente de reciclagem.

Cada pessoa produz 180 quilos de lixo em um ano. Tu podes reduzir bastante esse número com algumas atitudes simples no teu dia-a-dia:

- Fala com a tua mãe para comprar produtos com embalagens recicláveis, que são reaproveitadas;
- Aproveita os dois lados da folha de papel: um texto que tu imprimiste e saiu errado pode ser um belo papel rascunho;
- Sabes aquelas roupas, brinquedos, livros, e tantas outras coisas que tu não usas mais e ficam lá por casa? Elas podem ser bastante úteis para pessoas necessitadas, sabias?
- Aproveita garrafas e outras embalagens para fazer brinquedos, guardar alimentos, entre outras utilidades;
- Aqueles sacos do supermercado podem ser um óptimo saco de lixo.

Quando a reciclagem é feita, os produtos que antes eram lixo, transformam-se em novos produtos. Por exemplo: do papel reciclado são feitos mais papéis, jornais, revistas, livros, entre outros. Do plástico reciclado fazemos skates, novos plásticos e baldes de praia. Do vidro reciclado podemos ter novos vidros para serem usados como novos. O importante da reciclagem é que se economiza mais água e energia. Por exemplo: O papel reciclado requer cerca de 74% a menos de energia e 50% a menos de água do que o papel obtido de madeira virgem.

Países campeões de reciclagem

O Japão reutiliza 50% do seu lixo sólido. Neste país, são comuns diversos tipos de reciclagem. Os Estados Unidos reciclam mais de um terço de seu lixo. Outros países que também possuem uma cultura bastante avançada sobre reciclarem são os países nórdicos, ou seja, Suécia, Dinamarca, Noruega, além da Alemanha. Em Portugal, recicla-se 15,7% do lixo produzido, segundo estatísticas. Isto é pouco se compararmos a meta de 25%, estipulada pela União Europeia. Então para que Portugal comece a reciclar mais, é preciso uma consciencialização de que é preciso separar o lixo e fazer a recolha selectiva.

A recolha selectiva

Existem espalhados pelas cidades, contentores, cada um representado por uma cor diferente.
Os papéis e os papelões são representados pela cor azul. Nos contentores, podes colocar revistas, jornais, papel de escrita e embrulho. Não podes colocar: papel sujo, celofane, papel alumínio, vegetal e fotografias. A reciclagem do papel é totalmente limpa, ou seja, não envolve nenhum processo químico, o que diminui a poluição do ar e dos rios. Além disso, muitas árvores deixam de ser cortadas, economizamos água e energia.

Os plásticos e os metais são representados pela cor amarela. Colocam-se nos contentores embalagens e sacos de plásticos, latas de conserva e latas de bebidas e não se coloca embalagens sujas com tintas, óleos, gorduras alimentares e produtos tóxicos. Os vidros são representados pela cor verde. As garrafas, frascos e boiões vão para os contentores. Lâmpadas, loiça, vidros de janela e espelhos não podem ser colocados nos contentores porque não podem ser reciclados.

O lixo deve ser colocado à noite para evitar os maus cheiros. Se todos nós fizermos a nossa parte, não só Portugal mas todo o mundo ficará melhor e assim, preservaremos a natureza e viveremos num mundo melhor.

Curiosidades:
-Sabias que se salvam cerca de 20 árvores se reciclarmos uma tonelada de papel?
- Sabias que se poupam 400 quilos de areia para fabricar uma tonelada de vidro, a partir do vidro que colocas no contentor verde?
- Sabias que os plásticos são feitos a partir do petróleo, que pode acabar para sempre e que reciclar plásticos diminui a poluição do ar?
- Sabias que se levarmos os lixos recicláveis aos ecopontos se reduz a quantidade do lixo a depositar no aterro sanitário?

Um dica importante para todos que vão as praias. Sempre leva contigo um saco de lixo para colocar todo o que comeste. Assim, as praias ficam sempre limpas. Já imaginaste uma praia toda suja? Ninguém vai querer ir à uma praia assim.

 

Leiam agora o artigo lixo e verão a diferença ...

Procura
Queres Colaborar?

Inscreve teu email e confirma o mesmo na tua caixa de entrada.

 

Pode ser considerado SPAM, como tal busca no lixo electrónico.


Email:
Para o emigrante

Vejam o respeito que o BP nutre pela comunidade de emigrantes. Quantos assinantes pagam a assinatura para um Jornal que não o respeita.Publicado no jornal e não publicado no site. (deve ser falta de espaço)

Não posso com avec´s

Artigo publicado em pleno mês de Agosto. Mesmo a gozar com o emigrante.

Está na hora de repensar a assinatura. O planeta agradece.

Anúncio

Procuram-se exemplares do jornal "verde" para reciclar?

De preferência aquele que insulta (insulto mesmo estilo "feios, porcos e maus" o ex-presidente F. Reis. Sério, vão ver a categoria desse pasquim.

Mensagem

Porque não se proíbe a impressão a todas as revistas cor de rosa (incluindo jornais, verdes ou não) uma vez que são um crime contra a humanidade?

 

Fica a pergunta. Agora que somos todos jornalistas, podemos responder.

Anedotas
Numa maternidade, um médico vai usar uma máquina que passa as dores do parto da mãe para o pai:
- Estão prontos para testar a máquina?
- Estamos sim sr doutor!
Depois do parto o homem foi a casa buscar as coisas do filho e da mulher. Quando chega está o carteiro à porta agarrado à barriga com dores!!
Antes verde que maduro.

Apesar de tudo e apesar de todos os pesares, gosto mais do BP do que do Google.

 

Painel controlo
  • Email:
  • Palavra-passe:
  • Lembrar dados
  • Ir administraçào


©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional